Sou vegetariana por amor aos animais

Sou vegetariana por amor aos animais
COLHER OU MATAR, a escolha é sua
"Se os matadouros tivessem paredes de vidro
todos seriam vegetarianos."

(Paul e Linda Mc Cartney)



Seguidores

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Imaginem a aura desse local...

Nesses locais  fica uma energia negativa muito grande, uma aura negra que atrai maus fluidos
Imaginem quanta dor, medo, estresse, pavor, emanam nas últimas horas de vida  desses seres que não querem morrer e sofrer.
Isso gera um carma imenso para a humanidade que só vai ter paz quando parar de matar e de maltratar os seres com os quais divide o planeta 






segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

E o navio com 25 mil vidas seguiu para a Turquia...




Leia aqui notícias do navio que zarpou do Porto de Santos com os bezerrinhos assustados, em meio a fezes, vômito e urina, patas quebradas, rumo à morte pelo ritual muçulmano Halal (O abate só pode ser realizado por muçulmanos e, a frase “Em nome de Alá, o mais bondoso, o mais Misericordioso” deve ser dita antes do abate.Após o sangramento total do animal pelo corte da artéria carótida e da veia jugular na área do pescoço, enquanto ainda vivo, e suspendendo o animal pelas patas traseiras até que deixe de deitar sangue; o animal deve então ser decepado de um só golpe. Isto é feito com o objectivo de que as doenças contidas no sangue do animal não sejam transmitidas aos seres humanos através do consumo da sua carne.)
Os moradores reclamam do odor que é sentido de longe.
Além do sofrimento, existe a poluição ambiental, toneladas de dejetos jogados diretamente ao mar, e carcaças dos que morrem pelo caminho. Os que chegam ao destino, serão mortos de maneira terrível, têm que sangrar conscientes até que seu corpo se esvazie do sangue.



domingo, 4 de fevereiro de 2018

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Receita de queijo frescal vegano

Receita aqui

Queijo frescal vegano
Ingredientes:
  1. 1 xícara de chá de castanha de caju cruas e sem sal demolhadas por 8 horas
  2. 1 e 1/2 xícara de chá de água filtrada
  3. 1 limão
  4. 1 colher de chá de sal
  5. 1 colher de sopa de gelatina agar-agar
  6. 1 e 1/2 colher de sopa de polvilho azedo
Modo de preparo
  1. Depois de deixar as castanhas demolhadas por 8 horas, escorra a água. Coloque num liquidificador as castanhas com a água filtrada e bata até ficar cremoso e toda castanha triturada.
  2. Adicione o polvilho, o sal, o suco de um limão e o agar-agar e bata novamente.
  3. Leve ao fogo baixo e mexa, enquanto a mistura vai engrossando e soltando da panela. Quando levantar fervura, continue mexendo por mais 2 minutos.
  4. Coloque num recipiente preferencialmente de vidro, e com a ajuda de uma colher ajuste para não ficar espaços, e para a superfície ficar lisa.
  5. Deixe na geladeira por pelo menos 3 horas.
Observações
  1. - Esse queijo tem durabilidade de 10 dias na geladeira.
  2. - Depois que desligar a panela você pode adicionar as ervas de sua preferência, como orégano, para dar um gostinho a mais no queijo.
 Nesse meu, quando desliguei o fogo, ainda na panela, acrescentei 1 colher de sopa de orégano, para dar um sabor a mais.
A gelatina de agar-agar que eu usei foi essa aqui, que tem em cada sache a medida exata de uma colher de sopa: 
agar
É queijo fresquinho, caseiro e saboroso… Hmmmmmm
Bom apetite!

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

O que está errado?




 A África vende os grãos que produz para a pecuária e mata a população de fome.

Oitenta por cento dos grãos são produzidos para alimentar animais que vão para o para abate . E florestas são derrubadas para o plantio dos grãos.
Os grãos que alimentam a pecuária salvariam a vida de todos que estão morrendo de fome.
E a carne é vendida para os países ricos.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Vinte e sete mil bovinos saíram do Porto de Santos rumo à Turquia

Fonte: Vista-se



Na cidade de Santos desde a manhã desta segunda-feira (4) batendo de porta em porta do Poder Judiciário com um maço de documentos embaixo do braço, o ativista George Guimarães, presidente da ONG VEDDAS, tentou barrar o maior navio de transporte bovino do mundo.

O navio está no centro das notícias sobre animais nos últimos dias por se tratar de uma megaoperação que envolve 27 mil bovinos. Para entender melhor o caso, leia o que já publicamos a respeito (leia aqui).
Os 27 mil bovinos nasceram no sul do Brasil e foram trazidos para o estado de São Paulo há aproximadamente 50 dias. Durante os últimos 5 dias, eles foram trazidos do interior do estado para o Porto de Santos por mais de 300 carretas em viagens de mais de 600 km. Uma operação logística sem precedentes.
A intenção de George, como ele explica em sua página no Facebook (veja aqui), era impedir que o navio saísse, para causar prejuízo financeiro às empresas envolvidas. “O objetivo obviamente não é pedir por melhores condições para o transporte, mas sim a proibição da atividade, causando assim prejuízo às empresas importadoras e exportadores e, desse modo, tornando não lucrativa a prática.” – explicou George.
Salvar esses animais, infelizmente, seria praticamente impossível. Tanto pela quantidade de animais (obviamente não há tantos santuários), quanto pelos trâmites legais. “O destino desses 27.000 indivíduos sencientes é certo, seja no Brasil ou no exterior. O que podemos fazer é, pelas vias legais, impedir essa etapa adicional de tortura e tornar a atividade menos lucrativa ou inviável para os que poderiam vir depois.” – completou George.
Infelizmente, o intento de George e de outros ativistas que o ajudaram não teve êxito. O navio saiu do Porto de Santos exatamente às 18 horas desta segunda-feira (4). Foram despachados para a Turquia, onde serão mortos segundo as leis do abate Halal, que diz que o animal precisa ser morto ainda consciente com uma faca bem afiada, entre outras regras. É um tipo de abate religioso.
A viagem dos 27 mil bovinos brasileiros até a Turquia, onde serão assassinados, será de aproximadamente 15 dias. O que resta é foco no Poder Judiciário para que os próximos embarques, programados para janeiro, não aconteçam. A movimentação judicial vai continuar.
Se a viagem realmente durar o tempo programado, os animais deverão chegar à Turquia no dia 19/12/2017, data bem próxima das comemorações de Natal.
Em vídeo, George explica o sentimento de ver o navio partir:

Abate Halal

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Tenha um Feliz Natal sem Mortes!

O ser humano não tem paz porque não deixa os outros seres da criação divina em paz...

 Que o Natal seja uma verdadeira festa de amor, paz e compaixão. 




sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Culturas diferentes


Mas a crueldade e sofrimento são os mesmos...
Por que a foto do cão comove e a do porco não?
Ambos são animais e a ciência comprova que o porc é mais inteligente do que um cachorro
Isso é compaixão seletiva


quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Abram os olhos! Carnes impróprias para consumo!

Abcesso sendo drenado em touro

Abram os olhos!
Nunca se viu tantos casos de câncer, que aumentam a cada dia no mundo!
A indústria da carne, além de maltratar os animais e tratá-los como mercadoria  e não seres sensientes, injeta hormônios, produtos químicos  e antibióticos sem critérios e o resultado é isso...
E ainda há médicos  que não atualizam seus currículos, não leem, não pesquisam e nem estudam,  e continuam pregando que carne é essencial à saúde. Pelo contrario,  é  prejudicial!
Além da gordura, tem muitas drogas e até pus embutidos na carne, e quem consome acaba ingerindo produtos que vão causar graves doenças..
Por que as meninas estão desenvolvendo mamas aos sete anos e iniciam seu ciclo menstrual cada vez mais cedo? São os hormônios que utilizam para engorda rápida do animal.

Pensem nisso!